Cuidados com o bruxismo

garrafas de isotonico
A bebida isotônica e seus dentes
setembro 21, 2018
Show all
garota rangendo os dentes

Ranger os dentes ou possuir o hábito inconsciente de morder é chamado de bruxismo. Normalmente acontece durante o sono, mas podendo ocorrer durante o dia também. No longo prazo, isso pode ocasionar diversos problemas e lesões à sua gengiva e aos ossos da boca.

Hoje em dia existem diversos tratamentos e diferentes técnicas para auxiliar no processo. Todos os procedimentos se baseiam em tentar reduzir o nível de força provocado pelo péssimo hábito de ranger ou morder inconscientemente. Uma técnica frequentemente usada durante o sono auxilia a reduzir essa força, evitando os dentes de apoiarem-se uns nos outros.

Remédios anti-inflamatórios ou relaxantes musculares ajudam a aliviar o inchaço e as dores no local. Alguns casos são diagnosticados apontando o estresse como principal causador do problema, para esses pacientes uma terapia psicológica e comportamental é altamente indicada.


A lesão criada pela mordida pode avariar as tensões causando uma inflamação no maxilar. Normalmente os dentes já sofrem um desgaste com o passar do tempo, porém, esse processo pode ser acelerado caso você passe por um trauma oclusal. A função dos ligamentos periodontais é assegurar que os dentes estejam todos no lugar certo. Uma vez que esse processo é interrompido os ossos enfraquecem e agravam uma futura perda de dentes, ocasionando uma visita ao seu dentista em Betim.

Diagnósticos conseguidos através de exames mais complexos mostram se o paciente possui ou não o costume de morder e raspar os dentes enquanto dorme ou até mesmo acordado. Podendo assim evitar problemas mais graves nas gengivas e na mandíbula. Para todos os tipos de complicações existem tratamentos específicos.

Pacientes que possuem antigas complicações na gengiva devem atentar-se ao grau de pressão da mordida, mesmo ela ocorrendo em um nível normal e regular, os prejuízos causados podem afetar os ossos que já estão abatidos. O primeiro passo é extinguir as “placas” (uma faixa de germes e restos de alimentos que ficam alojados nos dentes) e o tártaro (uma mineralização da placa bacteriana que com ajuda da saliva se fixa na superfície do dente, no limite com a gengiva).

Fontes:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3081266/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26897026

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *